Como garantir a qualidade da tradução de documentos jurídicos

Os textos falados ou escritos por advogados causam dificuldade de entendimento até em falantes da mesma língua. O desafio fica ainda maior quando o texto precisa ser traduzido para mais idiomas. Se de português para português a advocacia já é complicada, a tradução de documentos jurídicos precisa de mais atenção e conhecimentos específicos do tradutor.

O “juridiquês” possui termos de alta complexidade que precisam de um cuidado detalhista nas traduções de artigos, procurações, acordos e contratos. Softwares de tradução automáticos não conseguem assimilar as nuances culturais, linguísticas e legais do documento. Por isso, o Flash Traduções conta com profissionais de diversas áreas, incluindo a advocacia, para atender às especificidades de cada projeto. 

Além da fiel tradução ao conteúdo do documento, é necessário certificar-se de que os termos do mesmo tenham vínculo jurídico no país a qual está sendo destinado. Tudo deve ser checado: condições específicas, formatação das leis, além do tradicional processo de localização. Dessa forma, traduzir um documento para um mercado exige ao tradutor elementos que atendam às necessidades do país específico.

Vale destacar que o texto original pode também afetar no processo de tradução. Sentenças muito longas costumam confundir o leitor e, quando se trata de um vocabulário técnico, podem ser o ponto chave para que o entendimento seja comprometido. Um documento escrito com frases curtas e simples facilita o trabalho de tradução e possibilita uma entrega final com mais qualidade.

Se você precisa de um serviço de tradução de documentos pessoais ou para sua empresa de advocacia, conte conosco! Desenvolvemos cada projeto com dedicação e atendimento exclusivo.

Fale com a gente pelo e-mail vendas@flashtraducoes.com.br ou agende uma reunião calendly.com/flashtraducoesrj